Oficina capacita mobilizadores estaduais para ações do Brasil Mais Jovem 2018

A Secretaria Nacional de Juventude promove de hoje (15/05) a sábado (19/05), em Brasília (DF), a Oficina Nacional de Capacitação dos Mobilizadores dos Estados e do Distrito Federal sobre as políticas públicas para juventude contidas no pacote de ações Brasil Mais Jovem 2018. Serão cinco dias de curso, com 60 horas/aula, onde os participantes aprenderão sobre os carros-chefe da Secretaria, como ID Jovem, Juventude Viva, Inova Jovem, Diagnóstico LGBT, Diagnóstico Rural, Estação Juventude 2.0, Coijuv, Sinajuve, Profesp, Biblioteca Digital de Juventude, convênios e prestação de contas.

Na tarde desta terça-feira aconteceu a cerimônia de abertura com a presença do secretário nacional de juventude Assis Filho, do presidente do Conselho Nacional de Juventude, Anderson Pavim, do superintendente da juventude de Goiás e presidente do Fórum Nacional de Gestores Estaduais de Juventude, Leonardo Felipe, da superintendente da juventude do estado do Rio de Janeiro, Jéssica Ohana e da oficial de projetos da Unesco, Luciana Amorim.

Após a abertura da oficina foi ministrada pelo secretário Assis Filho a Palestra Magna: “A Política Nacional de Juventude no Brasil: História, Avanços e Perspectivas”. Assis falou de todas as ações do Brasil Mais Jovem, pacote que foi lançado em março deste ano e toda a sua implementação. “De hoje até sábado nós teremos essa oficina de capacitação do maior pacote de ações lançado pelo Governo para a juventude brasileira. É de extrema importância que essas políticas públicas estejam nas ruas e na vida dos jovens”, afirmou. Para Assis, o Brasil precisa de todos os mobilizadores para o sucesso. “O papel que vocês vão executar, assim como o papel daqueles que executaram o ID Jovem, é grandioso. Hoje o ID Jovem tem 860 mil beneficiários e isso é por causa de vocês”, finalizou.

Todos os programas do Brasil Mais Jovem foram apresentados pelos coordenadores da SNJ, que explicaram objetivos e metodologias para que cada mobilizador possa disseminar as ações do Governo Federal para a Juventude em seus estados.

Leonardo Felipe, superintendente da juventude de Goiás e presidente do Fórum Nacional de Gestores Estaduais de Juventude, disse que parcela significativa do sucesso de qualquer ação na área de política de juventude é ter a SNJ atuante e em absoluta sintonia com a gestão publica estadual e municipal. “O secretário Assis conseguiu nos auxiliar enquanto gestores estaduais, estimulando para que nós pegássemos todos os projetos que a SNJ construiu em parceria com o Conjuve e fizéssemos um esforço triplicado para que eles pudessem chegar na ponta.”, disse. Além disso, Leonardo Felipe se colocou a disposição para ampliação dos trabalho e deu seu apoio direto aos jovens. “Temos um trabalho mais do que importante que é de construir a base para a juventude”, afirmou.

Após a palestra na cerimônia de abertura, foram condecorados seis gestores estaduais, cinco mobilizadores estaduais SNJ/Unesco e três monitores SNJ/IBICT que mais se destacaram na divulgação do ID Jovem.

Confira a programação da Oficina Nacional de Capacitação dos Mobilizadores:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *