O problema não está em quem chega, caro Ezequias…

Nelson Gaspar: aquisição nova de um governo velho

O blogueiro Ezequias Martins trouxe durante a semana a informação de que o ex-vereador Nelson Gaspar é a mais nova aquisição do governo em Coelho Neto. Segundo as informações da postagem,  o neo aliado petista atendeu ao convite para comandar a chefia do Departamento de Iluminação Pública e já assumiu suas funções.

Analisando o fato por um prisma apenas, a chegada de Nelson de fato deveria e deve ser comemorada pelo perfil que tem e técnico de reconhecida competência que o é para toda e qualquer área que for designado. Acontece que o problema não é quem chega, é justamente quem está. Não adianta trazer gente nova com todo gás para trabalhar se a administração é liderada por alguém presunçoso, despreparado, arrogante e centralizador.

Ao contrário do que disse o blogueiro, não há nenhum gesto nobre de Américo no chamamento de nomes que não integram seu grupo político para compor ao governo, ao contrário, o petista tem feito isso por constatar que não se governa “com poucos” e impulsionado pela rejeição popular que sente. Faz isso para tentar dar cara nova a um governo que deveria ser novo, mas que de tão desastroso já aparenta ser velho.

O perfil de perseguidor do prefeito ninguém tira e nos grupos de whatsapp os lacaios ligados ao governo se revezam a fazer ataques contra quem ousa discordar, nem que para isso seja necessário expor a vida pessoal “dos contra”. É a máquina de moer adversários funcionando a todo vapor, mas sem nenhum resultado prático para o governo.

Não adianta chamar Jademil Gedeon, Toinho da Cultura, Chico Vereador, Marcinha Vale, Jesuzinho do Franco, Carlos Machado ou tantos outros nomes, se a gestão é fechada e gira em torno de um miolo de gente sem miolo. Estamos diante de um governo do varejo, que adora fuxico e cujo chefe não aceita ser contrariado.

O mal do governo não está em quem chega. O mal do governo está em quem o lidera.

É simples assim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *