Não falta mais nada: Aluno da rede municipal agride professor em Coelho Neto

É impressionante a capacidade do governo liderado pelo prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), de tentar jogar para debaixo do tapete o descalabro que acontece nas barbas da gestão.

Nesta quinta (26), fomos surpreendidos pela notícia de que um professor da rede municipal foi agredido por um aluno de 15 anos de idade ontem (25). O fato lamentável ocorreu no turno vespertino, da Escola Moacyr Bacelar e após o ocorrido, tanto o Conselho Tutelar como a Polícia Militar foram acionados para os devidos procedimentos legais.

Por incrível que pareça, mais de 24 horas depois do ocorrido, nem a Secretaria de Educação e muito menos a Secretaria de Comunicação do governo se manifestou publicamente sobre o fato. Não se sabe que medidas foram tomadas com o agressor e quais as estratégias do governo para evitar que fatos horrendos como esse, possam fazer parte do cotidiano escolar como algo normal.

Ao invés de mobilizar a sociedade para algo tão grave, o governo com toda sua incompetência para lidar com problemas prefere se esconder atrás das cortinas e adotar o silêncio como resposta.

Pois tanto o prefeito, como a secretária de Educação Williane Caldas tem mostrado há cada dia que passa, que pior do que está, não tem como ficar….

3 thoughts on “Não falta mais nada: Aluno da rede municipal agride professor em Coelho Neto

  1. Lamentável essa situação na educação na escola de
    Coelho Neto, tudo começa em casa será como é a
    Vivência desse garoto com os pais,os familiares tem a
    A maior passela de responsabilidade não pode
    Tranferir tudo para as autoridades ,mesmo que as autoridades falharam digo isso porquê não vir nem
    Um comentário acima questionando a família do aluno

  2. Casa de pai escola de filho, não é só em coelho neto
    Que acontece essas barbaridade, precisa de nós pai
    De família conversar com nossos filhos e educar ,
    A escola dá o conhecimento . não estou defendendo as
    Autorida eles podem fazer mais,o quê não pode é
    Tranferir responsabilidade muito cuidado

  3. O comentário foi divulgado precisa mais esclarecimento
    Lado do agressor, até aqui comentado a incompetência
    Das autoridades,uma sugestão precisa de diálogo
    Ambas partes contratar um serviço de psicologia para
    Trabalhar o aluno é conversar com os pais do aluno

Deixe uma resposta