Moabe Branco denuncia descaso com pacientes de Coelho Neto que fazem tratamento em Teresina

286

Inscrito no Grande Expediente da sessão de ontem (18), o vereador Moabe Branco (PSD), levou a tribuna uma denúncia sobre o transporte de pacientes que fazem tratamento na capital Teresina-PI.

De acordo com informações levantadas pelo parlamentar, uma paciente que faz tratamento de câncer sai da cidade às 04 horas da manhã e volta somente às 17 horas, mesmo o processo de radioterapia durando apenas cerca de uma hora. O motivo da demora de acordo com a paciente seria a obrigatoriedade de esperar outros pacientes que utilizam o mesmo carro, muitos deles com atendimentos totalmente diferenciados.

O vereador destacou que a situação é desumana, haja visto que o processo de radioterapia é cansativo, dolorido, feito em um transporte sem o menor conforto (ambulância) e e meio a outros pacientes com problemas diversos. Ele relatou que além de esperar quase 08 horas, não há uma casa de apoio para suporte, a paciente precisa esperar na rua e sem qualquer ajuda de custo para a alimentação. Na oportunidade ele fez questão de lembrar os carros novos que o município tem adquirido, mas que mesmo assim submetem os pacientes a condições tão desfavoráveis.

Ainda durante o discurso ele destacou a falta da ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu, que muitas das vezes tem sido substituída por uma ambulância Fiorino sem quaisquer aparato para socorrer qualquer paciente, além de ter recebido informações que o atual governo teria suspendido a ajuda de custo para pacientes da hemodiálise.

Ao final, ele pediu que o presidente da Câmara solicitasse da secretária de Saúde Olímpia Delgado todas as informações sobre as condições dos transportes do município. O vereador Rafael Cruz (MDB), convidou o colega para levar o assunto ao conhecimento do Ministério Público.

Da Ascom/Câmara