Ministério Público expede portarias para procedimento administrativo na saúde de Coelho Neto

Caos das ambulâncias em Coelho Neto será investigado pelo Ministério Público

A promotora de Justiça Dra Karini Kirimis Viegas, titular da 1ª Promotoria de Justiça expediu duas portarias para prcedimentos referentes a saúde de Coelho Neto.

A primeira Portaria de  nº 16/2018 – PJCN visa verificar o adequado funcionamento do mamógrafo no atendimento da população de Coelho Neto. A promotora determinou que fosse realizado uma nova vistoria in loco na Secretaria de Saúde e no Centro de Imagem com vistas a verificar a existência e funcionamento de mamógrafos, devendo de tudo fazer relatório circunstanciado.

A segunda portaria de nº 21/ 2018 – PJCN tem o objetivo de verificar a situação do atendimento pré-hospitalar móvel do município, ou seja, as condições das ambulâncias. Nesse caso a promotora expõe ” a necesidade de continuação de coletas de provas para apuração de possível irregularidade na prestação de serviço de saúde no Município de Coelho Neto no que se refere as condições mínimas de estrturas das ambulâncias.

As duas ações do Ministério Público são de grande importância no que se refere a situação de abandono da saúde de Coelho Neto. O descaso das ambulâncias por exemplo, já denunciado por esse blog, chega a ser uma falta de respeito não apenas com quem necessita do serviço, como também dos servidores que tem se desdobrado para dar conta da demanda.

O descaso na saúde é tamanho, que a secretária de saúde Olímpia Delgado tem precisado recorrer a vizinha cidade de Duque Bacelar para garantir traslado de paciente que seria de sua responsabilidade.

Uma verdadeira pouca vergonha… para quem tem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *