Irregularidades e atraso nos salários marcam a rotina dos servidores da garagem da educação de Coelho Neto

 

Não é de hoje que esse blog trás a tona a triste realidade vivida pelos funcionários da garagem, ligados a Secretaria de Educação de Coelho Neto.

Situação precária da garagem já havia sido constatada pelo vereador João Paulo (MDB)

O setor é comandado diretamente por Mauro Costa, que no governo anterior liderava motim reivindicando melhores condições de trabalho e hoje sem nenhum pudor, expõe seus colaboradores a uma situação bem pior do que aquela que ele cobrou um dia.

De acordo com uma denúncia recebida pelo blog, os servidores estão com quase dois meses sem receber seus salários. Na conversa ele denuncia a precarização da situação de trabalho que vai desde as instalações físicas do local, passando pela irregularidade nas contratações.

 

Conforme já denunciado por esse blog, eles não sabem de onde vem os recursos que pagam eles e nem quem seria a empresa responsável por essa terceirização. Além de nunca haverem assinado contratado algum (tática que o governo utiliza para não ser cobrado), o pagamento é feito de forma irregular (em dinheiro vivo, ao invés de transferência bancária), e ainda com descontos ilegais, diga-se de passagem.

Não é possível que tanto desrespeito não mobilize as autoridades competentes a investigar o descaso patrocinado pelo prefeito Américo de Sousa (PT) e a secretária de Educação Williane Caldas.

Mas não apenas os servidores da garagem a sofrer calote desse desgoverno.

Mas essa é uma outra história…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *