Incomodado com protesto, Prefeito de Coelho Neto manda carro-pipa apagar dizeres de “Fora Américo”

Carro-pipa é flagrado desperdiçando água para apagar palavras de ordem de populares: prefeito incapaz de aceitar o contraditório

Dando mais uma demonstração clara de que não consegue conviver com o contraditório, o Prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) resolveu dar mais uma pequena amostra da forma tacanha que insiste em governar o município.

Pois bem, conforme postagem divulgada por esse blog no final da noite desta segunda (25), populares aproveitaram o asfalto da Avenida Coelho neto para escrever palavras de ordem como “Fora Américo” em protesto a falta de sinalização na via que aliado a imprudência fez duas vítimas em menos de 24 horas.

Inconformado com a repercussão da forma do protesto que ganhou as redes sociais, o prefeito mandou que um carro pipa tratasse de apagar os dizeres logo na manhã desta terça (26).

O que parece ser brincadeira acaba soando como um tapa na cara da sociedade. Com tanta gente sofrendo com a falta de abastecimento de água no município, o governo prefere destacar o carro-pipa para desperdiçar água lavando o asfalto com dizeres que refletem a repulsa de uma parcela da população contra o modelo petista de governar e de se esconder dos problemas.

O prefeito democrático só existe do outro lado do microfone, porque na prática que passou a vida toda jogando pedra no telhado dos outros não se preparou para recebê-las.

É um governo deprimente!

3 thoughts on “Incomodado com protesto, Prefeito de Coelho Neto manda carro-pipa apagar dizeres de “Fora Américo”

    1. Esse é o pior prefeito que já vir e os que ele delegou como secretários são os piores que já vir todos incompetentes principalmente o senhor Milton que se dizia um homem do povo é hoje mostra suas garras de sangue suga……

  1. Samuel infelizmente esse prefeito esta merecendo é sair do governo o quanto antes, pois esta provando que não sabe governar o município que sempre falava mal do governo anterior, e hoje esta fazendo pior que o governo anterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *