Grupo de Esposas de Deputados comemora 38 anos de fundação

1043281919-2025081194noticia

As Esposas de Deputados do Estado do Maranhão se reuniram no fim da tarde de ontem (18), para uma retrospectiva da história do Grupo, fundado em 18 de março de 1977.

De maneira descontraída, com brincadeiras e dinâmicas comandadas pela vice-presidente Sandra Raquel, as esposas se apresentaram umas as outras e, ainda, conheceram os propósitos e ideais de cada presidente que já esteve à frente do Gedema nesses 38 anos de existência.

 “É assim que a gente quer conviver nesses próximos quatro anos, pautadas na amizade, companheirismo, parceria e solidariedade, afinal de contas nós estamos aqui para ajudar quem precisa e pra isso, precisamos caminhar juntas”, explicou Sandra.

Na oportunidade, as integrantes discutiram também sobre decisões e mudanças na Creche Escola Sementinha, a continuidade do apoio à instituição Sol Nascente, além de novas ideias e projetos a serem desenvolvidos durante a nova gestão.

Entre os novos trabalhos está o Brechó Solidário, pensado para ajudar entidades de assistência social, associações, creches comunitárias, asilos e fundações, através da arrecadação de roupas, calçados, acessórios, brinquedos, objetos e eletrodomésticos.

“A ideia é que todo o valor arrecadado no projeto seja revestido em cestas básicas e donativos doados para instituições que no decorrer das reuniões iremos decidir quais serão”, esclareceu Silvana Tavares, secretária do Grupo.

Na reunião ficou decidido que a coleta das doações inicia dia 23 de março e vai até 24 de abril. Já a data para as vendas do que foi coletado ainda será definida.

HISTÓRIA 

A primeira fase teve inicio em 18 de março de 1977, ano em que o grupo cresceu através de suas ações, conquistas e ideais em comum. Só em 1987 o Gedema tornou-se uma Instituição legalizada.

Terezinha Coelho Leal (esposa do deputado Raimundo Leal) atuou em 87 e com o apoio do grupo foram pensadas as primeiras ações. Com o proposito de continuar o legado e atuar socialmente com consciência do seu papel no mundo, outras pessoas ajudaram a escrever a história do Gedema no decorrer desses 38 anos:

1987 a 1989 – Maria Tereza Murad (esposa de dep. Ricardo Murad) traçou um plano de trabalho assistencial aos funcionários da Casa e reformulação do estatuto;

1991 a 1993 – Antônia Martins Braide (esposa do dep. Antônio Braide) reativou os encontros do Gedema;

1993 – Clarice Haickel (esposa do dep. Nagib Haickel) criou a Creche Sementinha, como uma Instituição recreativa.

 1993 a 2003 – Ana Cristina (esposa do dep. Manoel Ribeiro) preservou as atividades propostas pela entidade, entre elas, a necessidade de atender as necessidades das crianças na Creche;

2003 a 2005 – Célia Milhomem ( esposa do dep. Tatá Milhomem) reestruturou a entidade e deu a Creche Sementinha um cunho pedagógico;

2005 a 2009 – Georgina dos Santos (esposa do dep. João Evangelista) criou o Programa Sol Nascente e fez a mudança do nome para Creche Escola Sementinha, ampliando o ensino de educação infantil para 1ª a 4ª série.

2009 a 2011 – Silvana Leal ( esposa do dep. Marcelo Tavares) sistematizou as ações sociais a partir do Gedema Solidário, ampliou as atividades do Programa Sol Nascente, desenvolveu o projeto Música na Escola e garantiu, junto ao Conselho Estadual de Educação, o reconhecimento da educação infantil e a autorização de funcionamento gradativo do ensino fundamental menor de 1º ao 5º ano da Sementinha;

2011 a 2015 – Valderês Melo (esposa do dep. Arnaldo Melo) implantou o arraial junino no calendário da Assembleia, ampliou no Programa Sol Nascente as mobilidades esportivas e solicitou ao CEE, o reconhecimento do ensino fundamental menor do 1º ao 5º ano;

2015 – Cleide Coutinho (esposa do dep. Humberto Coutinho) , atual presidente do Gedema está estruturando os diversos âmbitos de atuação da entidade, no intuito de aprimorar a qualidade dos serviços prestados.

PROJETO BRECHÓ SOLIDÁRIO 

O Brechó Solidário é mais uma iniciativa do Gedema que, além de promover a economia solidária, visa auxiliar arrecadação de roupas, calçados, acessórios, brinquedos, objetos e eletrodomésticos, em bom estado de conservação.

Todo valor arrecadado no projeto será revestido em cestas básicas e donativos para entidades de assistência social, associações, creches comunitárias, asilos, fundações, dentre outros.

A realização do evento, que acontece de 23 de março a 24 de abril, tem como objetivo sensibilizar o impacto social e reflexível ao ponto de mobilizar parlamentares e funcionários da Assembleia Legislativa, bem como, a classe empresarial local e a sociedade civil, sobre a importância da economia solidária, a fim de converter a renda obtida em projetos sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *