FOTO-FOFOCA: A BOLA DA VEZ

FOTO-FOFOCA: A BOLA DA VEZ

O jogador Elkeson tem sido no decorrer dos últimos dias destaque na mídia nacional por conta de sua nova contratação. Pra Coelho Neto o jovem tem uma importância a mais por se tratar de um filho da terra. Confira abaixo a matéria sobre a história de vida desse talento do futebol.

Nascido em Coelho Neto, cidade do interior do Maranhão, se mudou para Marabá aos oito anos. Nas escolinhas locais, foi visto por um olheiro do Vitória que o levou para o Barradão, quando ainda tinha 12 anos. Por conta da influência de seu antigo empresário, adulterou documentos para se passar por mais novo. Porém, admitiu o erro, se regularizou e mesmo deixando de ser “gato” continuou sendo visto como uma grande promessa em Salvador. Tanto que, mesmo sem jogar profissionalmente, chamou a atenção do Benfica (POR), que adquiriu 50% de seus direitos econômicos, apostando no em seu futuro.

Em 2009, fez o seu primeiro jogo como profissional, contra o Poções, no Campeonato Baiano. O primeiro gol saiu contra o Santo André, já no Brasileiro. Contudo, o meia só viria a ganhar destaque na temporada seguinte, quando se tornou titular da equipe. Com gols importantes e uma boa participação na Copa do Brasil, caiu nas graças da torcida. O meia foi o principal destaque da equipe que foi vice-campeã do torneio nacional, perdendo para o Santos a final.

A lua de mel acabou com a má campanha do Vitória no Brasileiro. Elkeson não correspondeu às expectativas da torcida e não evitou o rebaixamento do Leão para a Série B. Escolhido como um dos alvos da revolta dos torcedores, o meia não conseguiu repetir as boas atuações no Campeonato Baiano deste ano.

– Elkeson foi um jogador irregular no Vitória. Usavam muito ele como meia, mas ele é mais atacante. É um jogador de muito talento. Isso é claro. Fez uma excelente Copa do Brasil e depois caiu de rendimento como todo o time. Acho que ele cai bem para jogar ao lado de Loco Abreu. Ele quase não se machuca, o que é uma vantagem. A torcida apostou muito nele na Copa do Brasil. O pessoal gostava dele por causa do vigor. Mas depois ela passou a desaprovar o jogador. Os torcedores esperavam mais. Pensavam que se o Vitória tinha vendido uma parte ao Benfica é por ele jogava muito.– conta Mauricio Naiberg, jornalista do site “bahia noticias” que acompanha o Vitória há quase quatro anos.

Para Antônio Lopes, ex-técnico de Elkeson no Vitória, o jogador tem potencial para sobressair no Botafogo. O treinador acredita que o meia pode vir a ser um dos destaques do time no Campeonato Brasileiro.

– O Botafogo fez uma grande contratação. Ele é um jogador de muita qualidade. Carrega bem a bola e chuta com as duas pernas. O clube só precisa saber que ele não é um armador. Ele joga mais na frente. Tenho certeza que ele vai se dar bem. Tem tudo para ser um dos destaques do Brasileiro – afirma.

Elkeson ainda não sabe se poderá jogar neste sábado, contra o Santos. Contudo, o jogador já treina com a equipe e se diz à disposição de Caio Junior caso o técnico queira o escalar na partida. (do Globo Esporte)

Deixe uma resposta