Enquanto prefeito compra estádio, UPA tem mais um “dia de cão” em Coelho Neto

 

A manhã deste sábado (12), marcou o começo de mais um final de semana “de cão” na Unidade de Pronto Atendimento – UPA, de Coelho Neto.

Logo cedo as reclamações começaram a pipocar da quantidade de gente na fila aguardando atendimento, fato que tem se tornado cada vez mais corriqueiro, principalmente aos finais de emana quando a demanda duplica.

A crise da superlotação se agrava coma permanência de apenas um médico para se revezar no atendimento externo e dos pacientes das salas amarela e vermelha. As servidoras cortam um dobrado para dar conta do rojão.

Nesse interim, o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), vai para a televisão reclamar de crise e falta de dinheiro.

Não tem dinheiro para colocar médico, mas tem para esbanjar e comprar um estádio deteriorado…

One thought on “Enquanto prefeito compra estádio, UPA tem mais um “dia de cão” em Coelho Neto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *