Decisão da Justiça libera Rosângela Curado para disputar eleição

Após entrar com os embargos de declaração,  candidata a deputada estadual Rosângela Curado (Patriota), conseguiu garantir na justiça nesta quinta (04), a liminar para disputar a eleição.

O Tribunal Regional Eleitoral – TER, havia indeferido o pedido de registro de candidatura em função de possuir condenação referente ao julgamento irregular de suas contas quando geriu a Secretaria Municipal de Saúde de Imperatriz, em 2008.

Com a liminar assinada pelo juiz Gladiston Luis Nascimento Cutrim, fica “determinado a suspensão dos efeitos do acordão nº 2522017, referente ao processo nº30292009 de responsabilidade de Rosângela Aparecida da Silva Barros realizado pelo Tribunal de Contas do estado – TCE.

Com a decisão, Curado ganha fôlego e está de volta ao páreo e apta a ser votada.

Deixe uma resposta