Com o abandono da Prefeitura, população entra em ação e decide limpar estádio em Coelho Neto

 

A população do bairro Novo Astro comemora nesta quinta (31), os dez anos de abandono por parte do poder público local do Estádio Municipal Gonçalo Francisco dos Reis.

O espaço esportivo construido na gestão do ex-prefeito Magno Bacelar foi literlamente jogado as traças. Apresentador de um programa de rádio em que tinha receita pronta para todos os problemas da cidade, o hoje prefeito Américo de Sousa (PT), por várias vezes cobrou o ex-prefeito Soliney Silva a recuperação e o cuidado do espaço.

Passado 1 ano e 5 da atual gestão, o retratao é de que nada mudou. Mesmo contando com R$ 600 mil para o esporte, a Prefeitura de Coelho Neto segue sem fazer qualquer mantuenção nas praças esportivas, mas decidiu sabe se lá por quais motivos garantir a compra de um estádio com necessidades urgentes de reparos. Pense no investimento!

Para celebrar o aniversário de abandono, a família do homenageado que dá nome ao estádio e demais membros da comunidade se uniram para fazer uma limpeza e assim ter condições de fazer um evento esportivo na comunidade., tudo de forma independente já que a secretaria de Esporte praticamente não existe. Foi marcado esta manhã uma disputa entre as equipes do Novo Astro, Santana e RRB FC.

Se a prefeitura não faz, cabe ao povo a obrigação de fazer. Lamentavelmente…

One thought on “Com o abandono da Prefeitura, população entra em ação e decide limpar estádio em Coelho Neto

  1. A Audiência Pública é um encontro feito na comunidade com a participação da população, a fim de buscar opiniões e soluções para as demandas sociais e ter acesso à resposta de pessoas públicas. Quando a comunidade é muito grande, normalmente a audiência é conduzida por pessoas de maior influência local, tomando o papel de porta-voz das demais opiniões. Mas ela também pode ocorrer em subgrupos, a fim de se discutir um assunto com maior profundidade.
    e a minha opinião eu acho o que está faltando em COELHO NETO, porque não é possível tantos reclamação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *