Chamem a PF: Coelho Neto mantém fraude no sistema informações do Ministério da Saúde

0
2

 

O blog conseguiu encontrar a resposta para a resistência do prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) em não chamar os aprovados no seletivo dos Agentes Comunitários de Saúde – ACS: a manutenção de uma verdadeira fraude no sistema de informações do Ministério da Saúde.

O fato foi identificado pelo blog a partir da situação da servidora Elzenita Bastos da Silva Rocha. Ela foi demitida impiedosamente pela secretária Cristiane Bacelar em janeiro de 2017, sem direito inclusive de receber o mês de dezembro de 2016. Cristiane tinha até três meses para fazer a devida substituição, mas não o fez. Para nossa surpresa, de lá para cá, Elzenita se mantém como servidora cadastrada no sistema do Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde – CNES o que confirma que o governo optou por manipular as informações que são encaminhadas ao Ministério da Saúde.

Apesar de ter passado praticamente 08 (oito) anos apontando o dedo na cara dos outros para cobrar lisura e honestidade, na prática a agora “toda poderosa” secretária de Articulação Política do Governo iniciou durante sua gestão um verdadeiro “esquema” de maquiagem de informações falsas encaminhadas ao Ministério da Saúde.

Na prática o governo burla as informações. Ora, se no cadastro está tudo regular mesmo que a situação esteja ilegal, porque o governo teria que nomear os aprovados no seletivo? Esta ai a resposta. E olha que o presidente do Conselho de Saúde Valdik Lopes ainda defendeu o governo, numa provocação feita recentemente por um seletivado cobrando a posse. Seria conivência, ou o presidente do Conselho desconhece a Lei e não cumpre a função de fiscalizar? Deve ser porque em Coelho Neto, o presidente que representa a sociedade civil fora agraciado com uma “boquinha” no governo. Vai ter que responder também.

Pois bem, o escândalo não para por ai. Existem casos de agentes comunitários de saúde contratados irregularmente, trabalhando normalmente e casos absurdos de outros que mesmo já tendo sido aposentados, se encontram no sistema como se estivessem na ativa.

Outro escândalo diz respeito a agentes comunitários de saúde que “no papel” continuam atuando, mas que na prática estão ou estiveram em cargos de confiança, o que é incompatível pela Lei. Além de fraude, o governo é flagrado em claro crime de improbidade administrativa. Para onde está indo o dinheiro dos agentes comunitários de saúde que tem sido mantido como se ainda estivessem trabalhando?

O blog vai trazer a reportagem completa de mais um escândalo do governo do PT, que por se tratar de recursos federais deve se tornar caso de polícia. O assunto será levado ao conhecimento do Ministério Público, da Polícia Federal, do Ministério Público Federal e do Departamento Nacional de Auditoria do Sistema Único de Saúde – DENASUS.

Aguardem!

2 COMENTÁRIOS

  1. Falta de vergonha na cara dessa corja, bando de abutres em cima das mazelas desse povo, que tanto sofre por culpa desses irresponsáveis que aí estao!

  2. E ainda diziam que o Soliney era quem não prestava!!!

    Aguuuuuenta meu povo, ainda falta muito tempo pra esses vagabundos saírem da prefeitura!

DEIXE UMA RESPOSTA

Entre e aguarde um momento
Please enter your name here