Ao falar sobre educação, prefeito de Coelho Neto ignora IDEB e promessas de campanha para o setor…

Williane e Américo silenciaram sobre o que deveriam ter falado: dupla desastrosa

 

 

O prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), esteve nesta terça (25), no segundo dia de entrevistas para falar sobre a educação.

Acompanhado da secretária de Educação Williane Caldas, o petista gastou metade desse tempo com a velha lenga-lenga de atacar o vice-prefeito Antônio Pires (que ele escolheu para ser seu companheiro de chapa) e se mostrou novamente incomodado com seus adversários.

Sobre educação mesmo ele falou quase pouco. Américo não falou por exemplo da tesoura que ele e sua secretária de educação tem usado para cortar salários dos contratados e não disse quando o contratado vai receber igual o concursado como ele exigia dos governos anteriores. Também não falaram do caos a que está exposto a garagem da educação, que funciona em condições precárias.

Sobre os dados do Índice de Desenvolvimento de Educação – IDEB, tanto ele como a secretária de Educação nunca se manifestaram sobre nada. O silêncio sobre os números talvez seja porque não dá para culpar o governo anterior, porque se assim o fizer, jogará nas costas da atual secretária de educação e sua equipe a responsabilidade pelos números, afinal eram elas que estavam nas salas.

Américo também não deu uma palavra sobre suas promessas de campanha. Não falou sobre eleição para diretor quando estava no Sintasp, não falou quando vai começar a doar os uniformes e os materiais escolares e nem disse nada quando vai desmembrar a Cultura da Educação como havia prometido.

No mais, a piada da entrevista ficou quando o prefeito disse que seu governo não persegue ninguém e quando disse que a população havia eleito um prefeito liso.

Só faltou dar a receita de como é que um liso anda de Hillux….

Acuado, prefeito de Coelho Neto pede trégua para a oposição…

Prefeito Américo: show de dissimulação

A dissimulação do prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) atingiu nível máximo ontem (24), quando ele voltou ao rádio para conceder uma entrevista que deve perdurar etapas durante toda a semana.

Durante mais de uma hora, o prefeito repetiu a velha lenga-lenga que encontrou a prefeitura sem dinheiro, mas não prestou contas de onde tem colocado os milhões que já recebeu desde que sentou na cadeira. Dentre as besteiras ditas, voltou a tecer críticas contra o vice Antônio Pires (PCdoB), agora que ele decidiu romper com ele, porque quando ele foi escolhido seu companheiro de chapa a conversa nos palanques era outra bem diferente.

Não falou por exemplo do que houve com o PIS/PASEP dos servidores e tentou justificar a incompetência de não ter pago o 1/ de férias de 2016, quando ele mesmo disse na época que bastava encaminhar a documentação para que o município procedesse com o pagamento na sequencia. Se não pagou o de 2018, que dirá o de 2016. Fobou sobre a obra do Mais Asfalto do Governo do Estado, mas não disse quando vai iniciar a parte de meio fio e sarjeta que é a contrapartida da Prefeitura na famosa parceria.

Expeliu inveja pelos poros ao se referir ao prefeito de Caxias Fábio Gentil (PRB) que é uma referência de aprovação no Estado pelas grandes obras que tem feito todas com recursos próprios, já ele passa o dia falando de falta de dinheiro para justificar sua incompetência de governar a cidade.

Mostrando um verdadeiro desespero, o petista acusou o golpe. Reclamou dos ataques da oposição e teve a cara de pau de pedir uma trégua. Isso mesmo cara de pau. Um prefeito que passou 20 anos fazendo oposição sistemática aos ex-prefeitos hoje pede teve a coragem de pedir trégua? Se quer trégua é só fazer esse governo desastroso funcionar, ora essa.

Mas o show de horrores não parou por ai. Américo ainda cobrou que ninguém da oposição elogia o governo quando acerta e que ninguém foi visitar o Centro de Reabilitação. Será que é doido ou se faz? Américo foi vereador durante 04 (quatro) anos e não há um registro de que ele algum dia tem feito alguma visita a qualquer órgão público ou tenha feito um elogio a qualquer iniciativa dos últimos governos que passaram. Hoje ele quer louros? É muito merecido!

Quem te viu, quem te vê! Américo pedindo arrego.

Comprem todos os óleos de peroba do mundo para tanta cara de pau…

Em festa concorrida, Grupo Política e Opinião celebra 03 anos de atuação em Coelho Neto

 

Uma festa para lá de concorrida foi realizada no último sábado (22), para celebrar os três anos do grupo de whatsapp Política e Opinião, o mais antigo em atividade e o mais movimentado de Coelho Neto.

A festa promovida no Bar do Nailson com toda pompa e os louros que a ocasião merecia, fruto de um trabalho suado de uma comissão organizadora que se desdobrou para fazer algo marcante.

Um dos momentos mais aguardados foi a premiação dos 14 destaques do grupo (esse blogueiro ganhou por exemplo, ganhou dois troféus nas duas categorias a que foi indicado).

O grupo reúne diversos atores da sociedade local dentre os quais políticos, estudantes, imprensa, representantes partidários, empresários, servidores públicos e integrantes da sociedade civil organizada.

É nesse grupo que os grandes problemas da cidade são debatidas e muitas das discussões que lá foram realizadas serviram para que o poder público despertasse para atender várias demandas.

Os componentes também agem no viés social e fazendo filantropia, ajudando a quem precisa através de campanhas e doações das mais diversas.

Apesar as brigas apelidadas de “tintas” e reunindo gente com diversas cores partidárias e lados políticos, o grupo já demonstrou não levar isso em conta sempre que algo maior está em discussão.

Ajudaram na promoção do evento dentre os quais Márcia Bacelar, Iranir Pires Diamantes, Angela Personalizados, Toinho Araújo, Nailso, João Paulo, Cleudimar Manicure, Rita Rifran, Tio Edson, Valdeci, Albino, Dj Hitalo, Água Dodill, Produtos Hinode, Óptica Coelho Neto, Portal Gaditas, Sillas do Louro, Flávio Furtado, CN Bambu, Mariano Crateús, De Um Tudo e a arrumação do local ficou a cargo de L&C Decorações.

A animação ficou por conta de Aderson, Forró do Monte e Forró Chique. O Grupo Política e Opinião mais uma vez mostrou sua força pelo terceiro ano consecutivo.

O aniversário passou, mas o debate não para. E que venha o ano 4, com uma festa maior e ainda melhor…

Fotos: CN Bambu

Ao lado de Brandão e Jademil, Luis Serra anuncia apoio a Flávio Dino em Coelho Neto

 

O empresário e ex-candidato a prefeito, Luís Serra, saiu do período de reclusão que se encontrava para atender apelos e voltar ao cenário político nesta segunda (24). Acompanhado da esposa Derlane, do vice-governador Carlos Brandão, do ex-candidato a prefeito Jademil Gedeon e da ex-vereadora Marilde Gedeon, o candidato aproveitou o almoço com amigos e lideranças para anunciar oficialmente seu apoio ao governador Flávio Dino (PCdoB).

 “Quando eu entrei nessa história da política eu nunca tinha interesse algum que não fosse melhorar essa cidade e é por isso que eu estou aqui hoje declarando que eu voto em Flávio Dino, declarando meu voto em Carlos Brandão porque tem compromisso com a cidade”, disse ele.

Na oportunidade Serra solicitou do vice –governador uma atenção especial a conclusão da MA-034 (trecho Coelho Neto – Descanso e Coelho Neto- Palestina, necessitando de melhorias e sinalização. Ele disse que seu pedido era por Coelho Neto e que nunca usou a política para obtenção de vantagens pessoais.

Ao fazer uso da palavra, o vice governador Carlos Brandão (PRB), fez uma prestação de contas das ações do governador Flávio Dino, enalteceu a liderança de Luis Serra e destacou a importância que sua chegada representa para o fortalecimento do governador Flávio Dino.

O movimento serviu para trazer Serra de volta para a seara política e confirmar que conforme antecipado pelo blog,  a gestão desastrosa do prefeito Américo de Sousa (PT), respinga na popularidade do governador, tanto que ele sozinho não tem dado conta de liderar sozinho o movimento pró-comunista.

A reunião foi avaliada de forma positiva por diversos ângulos.

Mas essa é uma outra história…

A rejeição do prefeito de Coelho Neto que atinge a Flávio Dino…

Américo sempre por fora: inabilidoso, rancoroso, perseguidor e impopular

 

 

O governador Flávio Dino (PCdoB), está às vésperas da eleição e não pode a essa altura do campeonato se submeter aos caprichos do prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT). Na prática o petista se acha dono do comunista, mas no frigir dos ovos a rejeição do primeiro respinga diretamente no segundo.

Flávio acaba de descarregar quase 20 km de asfalto, mas ainda assim vê sua aceitação ameaçada pela inabilidade política de seu aliado… e o que é pior ele sabe disso. É bem verdade que é do conhecimento público que Flávio aceita Américo goela a baixo. Nos bastidores do poder o que se sabe é que Américo é visto como antipático, sem traquejo e que se acha o mais merecido de todos.

Por algumas vezes, Américo quis esticar a corda com o governador, quando por exemplo chegou a declarar numa rádio que as ajudas que vinham recebendo do Governo do Estado eram tímidas, quando na verdade era o contrário. Tiremos as intervenções do Estado no governo Américo nesses um ano e nove meses e veja se sobra alguma coisa. Nada, porque os milhões que ele recebeu tanta justifica tamanha apatia administrativa.

Roseana quando governadora conseguia dar atenção a todos os grupos políticos em troca de apoio. Hoje, o governador se vê tolhido disso para atender garantir o apoio de um prefeito antipático e impopular. Até o evento político de seus candidatos foi feito em lugar fechado, porque Américo não tem coragem de encarar o povo. Desde que foi eleito se mantém escondido no gabinete e observa a cidade atrás dos vidros de sua Hillux.

O prefeito de Coelho Neto é tão desastroso, que após a posse nunca teve a capacidade de ampliar seu grupo político. Não foi por falta de tentativa. É que ninguém acredita que um governo errado desde o início, consiga acertar um dia, porque tem sob seu comando alguém incompetente em todos os níveis.

Tanto administrativamente, quanto políticamente.

É simples assim…

Fábio Gentil em Coelho Neto: um tapa de luva de pelica…

 

Durante estada em Coelho Neto na noite de ontem (20), para prestigar evento político do G-10, o prefeito de Caxias Fábio Gentil (PRB), deu um verdadeiro show no discurso, conseguindo desbancar de uma só vez a fala verborrágica do ex-prefeito Soliney Silva (MDB) e mesmo que indiretamente deixar mais nítida a apatia administrativa do governo liderado pelo prefeito Américo de Sousa (PT).

Fábio Gentil acompanhando o pai Zé Gentil durante atividade política em Coelho Neto: liderança inconteste

Ovacionado pela multidão durante sua fala, ele destacou a forma carinhosa como sempre foi recebido em Coelho Neto, contando um pouco de sua história até ser eleito prefeito de uma das maiores cidades do Maranhão e destacando a humildade como a principal qualidade para vencer uma disputa que parecia impossível.

Fábio evitou entrar na onda de baixaria do ex-prefeito Soliney Silva, mas não deixou de alfinetá-lo: Disseram que iam me fazer descer numa canoa com a ex-prefeita. Com você Márcia eu vou para qualquer lugar”, disse sob apalusos dos presentes, referendando o legado da ex-prefeita como exímia administradora da cidade.

Fábio Gentil durante discurso foi ovacionado pela multidão

“A única cidade brasileira que já pagou o mês de setembro na última quarta (19) foi Caxias. Foram quase R$ 19 milhões pagos para cerca de 10 mil funcionários e alguém pode dizer que estou fazendo isso porque meu pai é candidato. Não. Assumi a prefeitura no dia 1º de janeiro e no dia 15 já havia pago a primeira folha e durante esses  20 meses estamos pagando a folha antes do final do mês”, explicou. Ele destacou o abono dado esse ano a professores, além de outras categorias como agentes de endemias e agentes comunitários de saúde.

Ele aproveitou para lembrar o episódio de ajuda da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE de Coelho Neto, perseguida desde o início do atual governo onde aproveitou para contar o desafio de está construindo o maior hospital municipal do Estado com recursos próprios orçado em R$ 3,5 milhões de reais.

“Não sou prefeito de gabinete que se esconde atrás de quatro paredes. No nosso governo em Caxias estou nas ruas, nos bairros, onde ando de cabeça erguida, porque se eu fui eleito pelo povo é por ele que temos que trabalhar”, pontuou. Falou ainda das obras de calçamento, asfaltamento de ruas, construção de escolas, praças, festas (cidade natalina, aniversário da cidade, carnaval, festejo junino), além do arrojo do Mirante da Balaiada, tudo isso custeado com recursos próprios. Se tem algum prefeito por ai que não sabe fazer e quer aprender, vai em Caxias que a gente ensina”, provocou.

Ao final, Fábio explicou o segredo para continuar fazendo grandes realizações sem se reclamar de falta de dinheiro: “O segredo é não roubar”, disse sob aplausos efusivos da multidão. Ele também destacou o legado de Zé Gentil como deputado, sua condição de ficha limpa, sua honradez, sua biografia ilibada, seu jeito respeitador e assinalou o compromisso deste de após eleito trabalhar também por Coelho Neto.

Fábio Gentil é um administrador de excelência confirmado pelos dados de sua aprovação como um reconhecimento a sua liderança política e a revolução administrativa que está sendo feito na Princesa do Sertão. Sem dúvida, deveria ser o espelho para muito prefeito incompetente, que gasta tempo se reclamando quando deveria trabalhar para mudar a vida das pessoas.

O “cabeludo” matou dois coelhos com uma cajadada só: mostrou a grandeza de um homem público que não desce para a vala comum da baixaria e deu uma aula de gestão para quem se elegeu prefeito com discurso de mudança, mas que hoje faz justamente o contrário de tudo aquilo que prometeu.

Parafraseando o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama: esse é o cara!

Alunos de Coelho Neto continuam sendo prejudicados por falta de transporte escolar…

Em agosto alunos ficaram sem o ônibus escolar po falta de combustível: problemas de toda ordem

A incompetência da secretária de Educação Williane Caldas aliada a má gestão do prefeito Américo de Sousa (PT), continua trazendo prejuízos irreparáveis ao ano letivo em Coelho Neto. Desde o início do ano, alunos tem sido prejudicados pela falta de transporte escolar e o problema parece persisitir ao longo dos meses.

No mês de agosto alguns deles ficaram sem ter como retornar para suas localidades por falta de combustível, fora outras inúmeras denúncias direcionadas ao setor.Nesta sexta (21), o vice-prefeito de Coelho Neto Antônio Pires (PCdoB), voltOU a denunciar o descaso da dupla com os alunos da zona rural. Confira a integra do relato:

Recebi hoje várias DENÚNCIAS de pais de estudantes das escolas da zona rural, povoado Taboca da Santa Paz e Taboca dos Bois, onde essas escolas estão há quase dez dias sem aulas, como relataram. Sabemos que este ano o período letivo para essas escolas, começou no final de abril, bastante atrasado. Nas últimas duas semanas do mês de agosto, os alunos ficaram literalmente sem aulas e hoje a mesma rotina acontece com as escolas desses povoados, último dia de aula da escola no povoado Taboca da Santa paz foi na quarta feira passada, tudo por falta de ônibus para levarem os alunos.

Outro dia postei que os alunos estavam vindo da zona Rural e ficavam até as 15h, com fome e adolescentes jogados pelas ruas sem acompanhamento, esperando ônibus para voltarem. Me informaram que os professores estão sendo pressionados a botarem notas para os alunos nos meses de março e abril, como se houvessem aulas nesses meses. Para quem tinha um discurso de inovação na educação, pra quem é professor, foi sindicalista e presidente do SINTASP, é uma hipocrisia sem fim, a luta e todo o discurso de mudança. Hoje sabemos que, a única universidade que apreendeu foi a da perseguição! Tome vergonha Prefeito e resolva os problemas dessas escolas, já não basta a perca do ano letivo!!

Com a presença de Fábio Gentil, multidão faz festa em apoio a Zé Gentil e Cléber Verde em Coelho Neto

 

Foi uma grande festa. Assim podemos definir o grato político realizado ontem (20), em Coelho Neto em apoio as candidaturas de Zé Gentil (estadual) e Cléber Verde (federal). A surpresa do evento ficou por conta do prefeito de Caxias Fábio Gentil (PRB), que também esteve na cidade para participar do evento. Antes do início do evento, a ex-prefeita Márcia Bacelar acompanhada liderou uma caminhada da saída da sua acasa até ao local do evento com a presença de diversas autoridades.

No palanque diversas autoridades se revezaram nos discursos defendendo as candidaturas de Gentil e Verde como forma de ajudar a cidade a sair do marasmo político-administrativo em que se encontra mergulhada atualmente.

Fizeram uso da palavra o ex-prefeito Raimundo Guanabara, o vereador Moabe Branco, o ex-vereador Edvaldo Alves e o ex-deputado Antônio Bacelar que aproveitaram para destacar a biografia dos dois candidatos e o compromisso de ambos com a causa da cidade.

 

Ao fazer uso da palavra, a ex-prefeita Márcia Bacelar que foi ovacionada pela multidão aproveitou para destar a liderança do prefeito de Caxias Fábio Gentil e sua gestão êxitosa que o coloca como o prefeito com melhor aprovação do Estado. Ela destacou a seriedade e o histórico ilibado que fazem de Gentil e Cléber Verde os candidatos ficha-limpa que merecem receber o voto dos coelhontenses. Ela lamentou ainda a falta de empregos, a falta de obras e o descaso que assola a saúde do município.

Empolgado com a recepção, o candidato a deputado estadual Zé Gentil também deu seu recado. Sereno e firme em suas palavras, o candidato fez todas as referências ao casal Bacelar pelo cuidado na escolha de quem deveria representar o povo de Coelho Neto e agradeceu pela escolha do seu nome e de Cléber Verde para uma missão que ele classificou como honrosa. Ele reafirmou sua disposição de trabalhar pela cidade e trazer para os municípios a cidade em que representava. Não se deixou intimidar pelos ataques desrespeitosos que sofreu recentemente em rede social, mostrando que a população não aceita a baixaria, os ataques gratuitos e a falta de bom senso de quem usa a agressão a família alheia como escudo.

Sobre o discurso do prefeito de Caxias Fábio Gentil?

Essa é uma outra história…

Prisão de carro-propaganda de Zé Gentil em Coelho Neto não passou de factóide…

Carro da propaganda de Zé Gentil: dois trabalhos o de prender e o de liberar na sequência

Alguém visivelmente desesperado com o crescimento da campanha eleitoral dos candidatos Zé Gentil (estadual) e Cléber Verde (federal), aproveitou a circulação dos carros de som para denunciar o caso a polícia.

Estranhamente os capatazes do prefeito estavam a postos para posicionados não só noticiar o fato em êxtase, alegria que durou muito pouco tempo.

A tentativa movida pelo afã de de criar a todo custo um fato político acabou dando com os burros n´agua no momento em que os advogados da coligação Dra Karla Sousa e Dr Val Filho tomaram conhecimento do fato.

Desinformados, não contavam que atudo havia sido respaldado previamente após uma reunião dos representantes da coligação e o Ministério Público, ou seja, tudo foi feito respaldo pela própria Promotoria. no frigir dos ovos o crime só aconteceu na mente doentia de quem estava por fora da situação.

Após as fotos do “circo” armado pela falsa denúncia, coube a quem prendeu o carro ter que liberá-lo.

E os derrotistas aliados ao prefeito deram com os burros n´agua mais uma vez.

Simples assim…

G-6 realiza ato pró-Marcos Caldas e Gastão Vieira em Coelho Neto

 

Casa cheia. Esse foi o saldo do evento realizado no último domingo (10), no espaço do Talher Brasil pelo G-6 em apoio às candidaturas de Marcos Caldas (estadual) e Gastão Vieira (federal), em Coelho Neto.

O G-6 é o grupo de seis partidos que integram a ala de oposição alternativa e que também tem se posicionado contrários aos desmandos sofridos pela cidade. Um dos principais apoiadores da chapa é o empresário William W-3 que tem se destacado como exímio articulador político, marcando posição firme e aparecendo como expoente na nova geração de políticos.

Tanto Marcos Caldas quanto Gastão Vieira agradeceram e parabenizaram o grupo pela reunião. O primeiro reafirmou sua disposição de trabalhar pela cidade e o segundo lembrou sua condição de deputado federal mais votado da cidade, pedindo o apoio para mais uma disputa.

Ao final, Gastão agradeceu em nome do empresário William W-3 estendeu seu agradecimento a todos do grupo pela parceria. Diversas outras  lideranças  político-partidárias participaram do evento.