Benefícios do INSS teve queda de mais de R$ 22 milhões no Maranhão

Depois da Bahia, o Maranhão foi o Estado da região Nordeste que teve a maior queda no valor dos benefícios concedidos pela Previdência Social do Governo Federal. A maior acentuação atingiu a clientela da zona rural. Entre os anos de 2014 e 2015, a queda dos valores pagos pelos benefícios da Previdência concedidos à cliente rural no estado foi de R$ 17,038 milhões.

No geral, somando benefícios urbano e rural, foram R$ 22,878 milhões a menos repassados à economia do estado. O repasse foi reduzido de R$ 119,598 milhões para R$ 96, 718 milhões. O levantamento integra os dados do 24º Anuário Estatístico da Previdência Social 2015, do Ministério da Previdência Social. Ainda não foram divulgados os dados relativos a 2016.

A tendência de queda segue no Nordeste inteiro. A região teve reduzidos os valores em R$ 446,766 milhões nos dois anos referidos no anuário estatístico. Tanto na zona rural como na zona urbana a curva descendente se acentuou depois de oscilar levemente para cima em alguns estados e no Brasil, entre 2013 e 2014.

Na clientela urbana a queda nos valores pagos pelo Ministério da Previdência foi em torno de 30% em relação a Previdência do INSS da zona rural maranhense. Na zona urbana os recursos caíram de R$ 46,647 milhões em 2014 para R$ 41, 001 milhões em 2015. Mais de R$ 5 milhões a menos. Pela estatística do IBGE, percebe-se um movimento da demografia no estado da população rural em direção aos centros urbanos.

Do Blog Marrapá

Descrição da imagem Sem categoria | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *