Alunos de Coelho Neto continuam sendo prejudicados por falta de transporte escolar…

Em agosto alunos ficaram sem o ônibus escolar po falta de combustível: problemas de toda ordem

A incompetência da secretária de Educação Williane Caldas aliada a má gestão do prefeito Américo de Sousa (PT), continua trazendo prejuízos irreparáveis ao ano letivo em Coelho Neto. Desde o início do ano, alunos tem sido prejudicados pela falta de transporte escolar e o problema parece persisitir ao longo dos meses.

No mês de agosto alguns deles ficaram sem ter como retornar para suas localidades por falta de combustível, fora outras inúmeras denúncias direcionadas ao setor.Nesta sexta (21), o vice-prefeito de Coelho Neto Antônio Pires (PCdoB), voltOU a denunciar o descaso da dupla com os alunos da zona rural. Confira a integra do relato:

Recebi hoje várias DENÚNCIAS de pais de estudantes das escolas da zona rural, povoado Taboca da Santa Paz e Taboca dos Bois, onde essas escolas estão há quase dez dias sem aulas, como relataram. Sabemos que este ano o período letivo para essas escolas, começou no final de abril, bastante atrasado. Nas últimas duas semanas do mês de agosto, os alunos ficaram literalmente sem aulas e hoje a mesma rotina acontece com as escolas desses povoados, último dia de aula da escola no povoado Taboca da Santa paz foi na quarta feira passada, tudo por falta de ônibus para levarem os alunos.

Outro dia postei que os alunos estavam vindo da zona Rural e ficavam até as 15h, com fome e adolescentes jogados pelas ruas sem acompanhamento, esperando ônibus para voltarem. Me informaram que os professores estão sendo pressionados a botarem notas para os alunos nos meses de março e abril, como se houvessem aulas nesses meses. Para quem tinha um discurso de inovação na educação, pra quem é professor, foi sindicalista e presidente do SINTASP, é uma hipocrisia sem fim, a luta e todo o discurso de mudança. Hoje sabemos que, a única universidade que apreendeu foi a da perseguição! Tome vergonha Prefeito e resolva os problemas dessas escolas, já não basta a perca do ano letivo!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *