Alô MP: Com o convênio prestes a expirar e com mais de R$ 300 mil na conta, Praça da Fé segue paralisada

 

O prefeito de Chapadinha Magno Bacelar visitou no dia 24 de abril do ano passado, o que deveria ser o início das obras da Praça da Fé, no Bairro Areal.

Local onde deveria está uma obra prestes a ser inaugurada

A obra conveniada ainda no governo da ex-prefeita Ducilene Belezinha (PR), é uma parceria da Prefeitura de Chapadinha com o Governo Federal, através do Ministério do Turismo.

Magno com a equipe em abril de 2017: de lá para cá nada mudou

Depois dessa visita de Magno na praça há exatos um ano quatro meses nada mudou e a obra nunca saiu do lugar, ou melhor tem andado a passos de tartaruga. Não se sabe o motivo, pois falta de dinheiro é que não é. A obra que é orçada em R$ 682.500,00 (seiscentos e oitenta e dois mil e quinhentos) teve liberada a primeira parcela no 27 de março do ano passado, no valor de R$ 341.250,00 (trezentos e quarenta e mil, duzentos e cinquenta reais).

Magno recebeu 50% do recurso da obra

A grande preocupação é que o município segue com sério risco de perder a obra, pois não há qualquer justificativa para a obra não ter saído do lugar e o convênio se conclui no próximo dia 30 de novembro. Se não fizeram a obra em um ano e quatro meses, sera que vão concluir em três meses?

Pagamento da primeira parcela que corresponde a 50% da obra. Como nunca avançou a outra parte só sai no decorrer da conclusão da obra

Com a palavra a Secretaria de Comunicação do governo….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *