Alô MP! Com mais de 75% de obra paga, rodoviária de Chapadinha segue paralisada

 

O que foi motivo de comemoração durante o anúncio, parece que se tornará um pesadelo até a entrega. Estamos falando da reforma do Terminal Rodoviário de Chapadinha.

Rodoviária de Chapadinha: obra que já deveria ter sido entregue, segue paralisada

A obra de responsabilidade da empresa Gomes e Teles Construções e Comércio LTDA, vencedora da licitação, teve contrato assinado no dia 06 de setembro de 2017, mas os serviços só iniciaram no dia 28 de fevereiro de 2018.

Pelo contrato, a obra já deveria ter sido entregue, mas devido a algumas paralisações o prazo de 90 dias já foi expirado. Denúncias que chegaram ao blog informaram que o canteiro de obra está parado por falta de materiais, argumento fraco e que não tem qualquer razão de ser.

A obra no valor total de R$ 222.263,30 já teve liberado pelo menos 75% desse valor, ou seja, a prefeitura de Chapadinha já pagou R$ 166.889,11 pela obra que anda longe de ser concluída. Para onde foi esse dinheiro se o canteiro de obras segue paralisado?

Informações extra oficiais a que o blog teve acesso, sugere que esse pagamento já pode ter chegado a 100%, apesar dos 25% restantes ainda não haver sido disponibilizado no Portal da Transparência. Também fomos informados que o governo estaria alterando a planta do projeto original idealizado pela obra, fato que o blog deve apurar de forma mais concreta.

Enquanto isso o Ministério Público ou os senhores vereadores bem que poderiam investigar os motivos da paralisação da obra, afinal onde há fumaça, há fogo…

3 thoughts on “Alô MP! Com mais de 75% de obra paga, rodoviária de Chapadinha segue paralisada

  1. Quem te viu, quem te vê… Antes, era só elogios à prefeitura de Chapadinha. Agora, já começou a alfinetar a gestão atual? O que aconteceu pra ter essa mudança repentina de lado no seu jeito de fazer “jornalismo”?!

    Minha teoria é de que, das duas, uma: ou a lagarta foi tirada da folha, ou a lagarta virou borboleta. Estou certo?

Deixe uma resposta