Início Site

Tem dinheiro sim! Após saída de Soliney, recurso da saúde de Coelho Neto ampliou quase R$ 5 milhões

Quem viu um leitor revoltado pelo descaso no atendimento da Unidade de Pronto Atendimento – UPA de Coelho neto nem estranha mais, afinal o fato já se tornou algo corriqueiro.

Toda vez que o assunto vem a tona, a quem diga que o município não possui condições de pagar um novo médico para a UPA, fato que é desmentido pelos dados.

A UPA hoje opera com a quantidade mínima de servidores, bem diferente do que ela era na gestão do ex-prefeito Soliney Silva. Mesmo o atual governo perdendo quase R$ 1 milhão de reais dos recursos do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica– PMAC, os recursos da saúde cresceram, apesar desse aumento não refletir em melhoria na ponta.

Para se ter uma idéia, em 2016 no último ano do ex-prefeito, os dados do Fundo Nacional de Saúde apontam que Coelho Neto recebeu naquele ano R$ 14.511.452,87 (quatorze milhões, quinhentos e onze mil, quatrocentos e cinquenta e dois reais e oitenta e sete centavos).

No ano passado, a saúde recebeu a bagatela de R$ 19.186.980,94 (dezenove milhões, cento e oitenta e seis mil, novecentos e oitenta reais e noventa e quatro centavos) ou seja, quase 5 milhões de incremento no orçamento da saúde do município. E para onde está indo tanto dinheiro? Os postos de saúde e sede da secretaria de Saúde estão caindo aos pedaços, hospital em situação prcária, Upa aguardando reforma, nenhuma UBS e nenhum serviço novo que se justifique a cidade não dispor de dinheiro para manter a contratação de mais um médico para atendimento da UPA.

O governo não mantém porque não quer, pois dinheiro tem, aliás os milhões que o prefeito Américo de Sousa (PT), falava na rádio continua vindo e na atual conjuntura em valores ampliados.

E basta um olhar nestes dados para ver que os milhões não justificam o atendimento precário que o governo oferece…

Prefeitura executa serviços de requalificação da UBS da Trizidela

A Prefeitura de Afonso Cunha através da Secretaria de Obras está executando serviços de requalificação da UBS “Raimundo dos Santos Lima”, na Trizidela.

O espaço da unidade passa por melhorias e adaptações com vistas a garantir melhores condições no atendimento.

De acordo com o secretário de Obras David Miranda, as melhorias atendem a uma determinação do prefeito Arquimedes Bacelar, permitindo que assim como o trabalho que está sendo feito no Hospital contribua com o atendimento humanizado proposto pelo governo municipal.

Ele destacou ainda que os serviços tem gerado emprego e renda aos profissionais da construção civil, que atuam em várias frentes simultaneamente em vagas criadas pela Prefeitura.

Ascom/PMAC

Advogado Dr Neiva está entre os 3 mortos no acidente da BR 316 entre Timon e Caxias

Foram três o número de mortos no acidente ocorrido na noite de ontem, quarta-feira (22), notícia dada em primeira mão por este eliaslacerda.com logo após acontecer o fato acontecer na BR 316, entre Timon e Caxias, próximo ao povoado Barroca Funda, na zona rural timonense.

A colisão aconteceu por volta das 20 horas.oii entre um caminhão Mercedes e um Sandero. Todas as vítimas fatais estavam no Sandero.

Entre os mortos está a ex-funcionária da prefeitura de Timon, dona Bernarda Ferreira da Silva, de 61 anos. Ela trabalhou na administração municipal na gestão da ex-prefeita Socorro Waquim. 

Dr. Neivinha – advogado também entre as vítimas.

Outro nome conhecido que veio a óbito na colisão foi o do advogado criminalista José Ribamar Rocha Neiva Filho, de 67 anos. Popularmente chamado de “Neivinha”, o advogado morou por vários anos em Timon, na rua Miguel Simão, no centro. Ele também era bastante conhecido pelo trabalho prestado em Coelho Neto.

A terceira vítima foi Jurandir Sousa Bastos Junior, de 36 anos.

Ainda não se sabe o que poderia ter provocado o acidente. Uma perícia será feita para descobrir a causa, mas fala-se que poderia ter sido um buraco onde teria caído o Sandero e o carro perdido o controle indo de concentro ao Mercedes. O motorista do Mercedes logo após o acidente fugiu do local, mas já teria se identificado para a Polícia Rodoviária e prestado depoimento.

Do Blog do Elias Lacerda, com edição do blog

Após matar professora, assassino fez compras e saques no total de R$ 11 mil com cartão da vítima

O agente penitenciário Márcio Jorge Lago Marques, apresentado na sede da Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (22), confessou que uma dívida de R$ 2.500 foi a motivação do assassinato da professora Rosiane Costa, de 45 anos, em São Luís. Ela foi encontrada morta no campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) na manhã de segunda-feira (13). 

De acordo com a delegada Viviane Azambuaja, que comanda o Departamento de Feminicídio da SHPP, Márcio Marques confessou o crime afirmando que, no domingo (12), a professora ligou para fazer cobrança da dívida e disse que não dava mais para esperar. Ele resolveu insistir para que ela fosse até a residência dele para que conversassem.

Ele disse à delegada que foi buscar a professora em casa e passaram a tarde juntos. Em seguida, ela foi levada para a casa dele, onde foi seduzida para terem uma relação amorosa.  A intenção dele era fazê-la desistir de cobrar a dívida, mas não conseguiu.

Na saída, antes de ela entrar no carro, ele a matou com um golpe conhecido como mata-leão (estrangulamento usado nas artes marciais japonesas, realizado pelas costas do oponente). De imediato, ele teria se apropriado do cartão do BB e da senha.

Após matar a professora, o assassino colocou o corpo no carro e o jogou no campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). O local foi escolhido porque ele estava indo buscar a esposa na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da área Itaqui-Bacanga.

Pelas imagens de videomonitoramento da Ufma, segundo a delegada, o veículo utilizado pelo assassino, um gol branco, saiu do campus em alta velocidade, no sentido Anjo da Guarda, por volta das 20h15 de domingo (12).

Por volta de 20h36, o veículo aparece adentrando o estacionamento do Supermercado Mateus, no bairro Cohama. Duas pessoas descem e vão fazer compras. O pagamento de R$ 691,00 foi feito no cartão de débito da professora, por volta de 22h10. Ainda no Mateus, o assassino sacou R$ 1.000,00.

No dia seguinte, Márcio Marques sacou R$ 1.500,00 na Caixa, no bairro Monte Castelo. No Supermercado Mateus, no bairro João Paulo, ele comprou 45 latas de cervejas, carvão, churrasqueira, whisky e grelhas. “Ele praticamente foi comemorar a morte da professora. Quando a fonte secou, ela foi descartada. Por isso, é crime de gênero e tratamos como feminicídio”, disse a delegada.

Márcio Marques continuou fazendo compras e saques até totalizar R$ 11 mil que estavam na conta da professora. 

A senha do cartão foi anotada pela professora em um pedação de papel, quando ele solicitou para comprar cerveja. Ela desistiu e colocou o papel no bolso. Após matá-la, ele se apropriou da senha.

O veículo gol branco, utilizado por Márcio Marques, está no nome do ex-marido da atual esposa dele.

A professora e o assassino se conheceram por meio do Badoo, um site de relacionamento. Eles mantinham um relacionamento amoroso há dois anos.

O assassino foi preso na noite desta terça-feira (21), por volta de 20h30, no Bar Capitão do Mar, na Avenida Litorânea, em São Luís. Ele está no Complexo Penitenciário de Pedrinhas por força de mandado de prisão temporária. A delegada Viviane Azambuja deverá representar pela prisão preventiva do mesmo.

Rosiane Costa, de 45 anos, era professora municipal no povoado Itamatatiua, em Alcântara, na região metropolitana. Ela era solteira, não tinha filhos e morava no bairro São Cristóvão, em São Luís.

Do Blog do Gilberto Lima

 

Prefeitura de Afonso Cunha realiza Conferência do Idoso

A Prefeitura de Afonso Cunha através da Secretaria de Assistência Social e Conselho do Idoso, realizaram no último dia 21 de maio, a 2ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa.

O evento realizado no espaço do Centro de Convivência reuniu autoridades, participantes, delegados e conselheiros da sociedade civil.

A mesa de abertura contou com a presença da secretária de Assistência Social Elaine Cristina, a presidente do Conselho do Idoso Graça Medeiros, os secretários Jessíka Paloma (Juventude) e Raimundo Grosso (Cultura), além de Conceição Cutrim (Gabinete).

“Agradecemos a todos que nos ajudaram na realização desse evento, em especial do prefeito Arquimedes Bacelar que oportunizou que tudo acontecesse dentro do planejado. A maior felicidade no entanto ficou a cargo da participação dos idosos tanto nas discussões, quanto nas apresentações culturais, comprovando que eles foram os verdadeiros protagonistas”, disse a secretária Elaine Cristina.

A palestra-magna em torno do tema “Os desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”, ficou a cargo da Assistente Social Kiara Braga, seguido das discussões dos grupos de trabalhos, apresentação das propostas e eleição dos delegados.

Ascom/PMAC

Agente penitenciário é preso suspeito de assassinar professora no campus da Ufma

Policiais do Departamento de Feminicídio da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoas (SHPP) prenderam, na noite desta terça-feira (21), Márcio Jorge Lago Marques, agente penitenciário temporário da ativa, suspeito de ser o autor do assassinato da professora Rosiane Costa.

Ele foi preso, em cumprimento a mandado de prisão temporária, no Bar Capitão do Mar, localizado na Avenida Litorânea, em São Luís.

De acordo com informações da delegada Viviane Azambuja, o agente penitenciário ainda será interrogado, mas já confessou a autoria do crime.

Márcio Marques será apresentado à imprensa nesta quarta-feira (22), às 10h, no auditório da sede da Polícia Civil, na Avenida Beira Mar, no Reviver, em São Luís.

O crime

A professora Roseane Costa, de 45 anos, foi encontrada morta, na segunda-feira (13), nas proximidades da TV Ufma, no campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), na área Itaqui-Bacanga.

Roseane Costa, que foi espancada e estrangulada até a morte, era professora de uma escola municipal no povoado Itamatatiua, na cidade de Alcântara.

Do Blog do Gilberto Lima

Usuário se revolta com descaso no atendimento da UPA de Coelho Neto

Na noite de ontem (21), mais um usuário rasgou o verbo contra a ineficiência do atendimento da UPA de Coelho Neto.

Segundo ele, havia chegado a meia hora com uma pessoa passando mal, não havia um médico e os pacientes estavam à míngua.

A UPA de Coelho Neto se tornou um problema de proporções graves e vez por outra a população se revolta e rasga o verbo com tanto descaso.

Mesmo com todos esses problemas, não se observa disponibilidade do prefeito para resolver o problema.

Enquanto isso, segue o baile…

A entrevista de Sarney, o conceito de verdade e as mentiras que antecederam os fake news

Por Luís Nassif – Foi excepcional a entrevista do ex-presidente José Sarney a Ana Dubeux e Denise Rothenburg, do Correio Brasiliense. Sarney é um dos melhores analistas dos ventos políticos, não apenas o dia-a-dia da política, mas das modificações trazidas pelas transformações sociais e tecnológicas.

Sarney tem uma capacidade de análise que, por exemplo, falta a Fernando Henrique Cardoso.  Em cada tema, sabe identificar o ponto central e ter a explicação lógica para encaixá-lo no cenário mais amplo. É até curioso esse paradoxo, do político tido como paradigma do coronel político formular a análise mais sofisticada, enquanto o “Príncipe”, representante da inteligência paulistana não consegue sair dos bordões midiáticos, nesse jogo de “in” e “out” que caracteriza a pauperização do debate político. Falar em combater a pobreza é “in”. Combater a pobreza é “out”.

Em 2009 tive uma conversa com Sarney, na qual analisou com maestria a perda de influência do político para as organizações que surgiam da sociedade e da mídia para as novas formas de comunicação. Em plena pré-campanha eleitoral de 2010, cantou o fim do PSDB, por usar como única arma o discurso do ódio. O fenômeno das redes sociais ainda não se alastrara, não havia Lava Jato nem a epidemia dos fake news, presentes na nova análise de Sarney.

Na entrevista ao Correio Braziliense, Sarney coloca no centro da crise o desmanche institucional dos três poderes e a ascensão deletéria do 4º poder, o Ministério Público, e da pós-verdade, os fake news das redes sociais, que acabaram com a “verdade”.

Não aprofunda o que seria esse conceito, a “verdade” antes dos fake news. E reside nesse conceito, da transformação de dogmas em “verdades”, da incapacidade de se ter uma visão sistêmica dos problemas nacionais, a raiz dos problemas brasileiros, a enorme dificuldade de renovar conceitos, de sofisticar análises, de interpretar a realidade.

A discussão pública brasileira jamais conseguiu ir além do bordão, do alvo único. Governar é abrir estradas; ou o Brasil acaba com a saúva, ou a saúva acaba com o Brasil; se um ajuste fiscal rigoroso derruba a economia, um mais rigoroso ainda trará o desenvolvimento.

As análises dos “especialistas” sempre se moldaram aos interesses imediatos dos patrocinadores, pautando todas as discussões no período. E, como sempre havia uma intenção política por trás do debate público, amoldava-se a realidade e as teorias aos interesses dos patrocinadores.

Solenidade concorrida marca casamento de Bruno Silva e Andressa Chaves

Os Clã Silva e Chaves reuniram familiares e amigos no último sábado (18), no Bliss Favorito Buffet, em Teresina-PI, para o casamento do jovem empresário Bruno Silva com a médica Dra. Andressa Chaves. 

A solenidade concorrida foi antecedida pela cerimônia religiosa que ficou a cargo do Bispo Mario Porto, de São Luís. 

Em seguida os noivos recepcionaram os convidados em outra ala do mesmo espaço, com a apresentação das cantoras Tori Huang, Thalia Ferreira.

O Abandono do ginásio de Afonso Cunha e o pedaço da história que o vereador não contou…

Quem vê o vereador Zezinho da Padaria (Avante), cobrando sobre o abandono do Ginásio Poliesportivo de Afonso Cunha e não conhece a história chega a achar que o parlamentar tem razão… mas isso só acontece para quem não conhece a história.

O vereador perde a razão já na primeira análise: a do tempo. Quem não fez em oito anos não pode colocar a culpa em quem tem dois ano e meio de governo.

Segundo o vereador e toda a comunidade sabe que o ex-prefeito José Leane nunca fez uma reforma no ginásio, senão uma mera pintura. As fotos mostradas por ele revelam isso: as arquibancadas são a mesma da construção do governo do ex-prefeito Mário Bacelar, as duas salas e os banheiros onde deveria ser a sede da secretaria de esporte nunca funcionaram, o piso não passou por melhoria e o tão famoso alambrado ficou no sonho. Era essa a obra marca do ex-governo?

Na verdade o abandono do único ginásio de Afonso Cunha é fruto de uma ação “meia boca” feita pelo governo que o vereador Zezinho da Padaria fazia parte. Porque o vereador não mostrou fotos da entrega da reforma do ginásio? Porque ele não mostrou fotos da obra sendo executada? Por que ele não mostrou os banheiros e as duas salas recuperadas, com o secretário despachando e os atletas fazendo uso? A caixa de água interna que existia para manter os banheiros foi destruída e até o portão foi colocado pelo atual governo porque o antigo virou sucata.

Na verdade o vereador não mostrou essas fotos porque esses registros não existem. Nem a frente do ginásio entrou em reforma na época, prova de que essa conta não é do atual governo. Mas o ginásio de fato já poderia ter sido reformado, se o prefeito não tivesse que ter usado esse recurso para executar a obra do Ginásio Poliesportivo do Povoado Olho d´Agua que fora herdada inacabada e sem dinheiro em caixa para garantir sua conclusão.

Foram três repasses feitos: um no valor de RS 102.000,00 (cento e dois mil reais) no dia 02 de outubro de 2013, outro no valor de R$ 102.000,00 (cento e dois mil reais) no dia 09 e abril de 2014 e o último no valor de R$ 306.000,00 (trezentos e seis mil reais) no dia 19 de agosto de 2014. Sobre essa obra inacabada por exemplo, não há um registro de cobrança do nobre vereador de onde foi parar esse dinheiro. Por que será?

O atual governo vai recuperar o Ginásio Poliesportivo quando os recursos forem suficientes para executar uma obra completa.

E não um arremedo de pintura para servir de enganação e fazer politicagem…

aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz