Flávio Dino demite aliado do presidente do PT da Caema…

Governador precisou do cargo de Ricardo Ferro para abrigar um amigo próximo e exonerou o amigo de Augusto Lobato, que, submisso, apenas recolheu-se…

SUBMISSÃO AMPLA, TOTAL E IRRESTRITA. Lobato aceita até demissão de aliado; e apenas se cala

É conhecida no Maranhão a submissão canina do presidente do PT, Augusto Lobato, ao governador Flávio Dino (PCdoB).

Esta submissão chegou ao cúmulo da subserviência semana passada, quando Dino decidiu, sem comunicar, exonerar o engenheiro Ricardo Ferro, indicado por Lobato, de uma das diretorias da Caema.

Dino nomeou para o lugar o ex-diretor de comunicação da Assembleia, Carlos Alberto Ferreira, e o próprio Augusto Lobato fez questão de esconder o caso para que não chegasse ao conhecimento da militância do PT.

Mas os dirigentes petistas tomaram conhecimento e resolveram bater o pé, desautorizando o seu presidente a tratar sobre aliança com o PCdoB.

Por sua absoluta incapacidade de contrapor o chefe comunista…

Do Blog do Marco d´Eça

Anúncio de “reparos” em escolas feito por Américo desmente cenário de crise inventado por ele…

Américo de Sousa: reformas das escolas  inventadas de última hora é aceno do prefeito para tentar melhorar a imagem de “tirador de empregos”

 

 

O prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), aproveitou a empolgação do pós-Carnaval para anunciar os “reparos” em todas as escolas municipais. A medida foi pensada para tentar criar uma imagem positiva para o governo pós a festa momesca.

Em evento com professores no ano passado, Américo condenou aquilo que ele chamou de “maquiagem” a reforma das escolas que eram feitas pelo governo anterior. Segundo ele, as reformas em seu governo seriam completas.

Pois bem, depois de conseguir reformar apenas duas escolas durante o ano (mesmo ainda sem as ter entregue) e aproveitando o ano eleitoral para tentar se limpar perante a opinião pública, o petista anuncia repentinamente os “reparos” (para não chamar de reforma) em todas as escolas. Ou seja, as unidades de ensino da rede municipal serão pintadas e receberão as mesmas melhorias que eram feitas no governo anterior tão criticadas pelo petista.

O anúncio da contratação de cerca de 200 trabalhadores para dar conta do serviço logo foi usado pelo governo para vender a imagem de “empregador de gente”. Se farão todos esses reparos a lógica é de que se tem dinheiro em caixa. Mas no ano passado não foi de crise e o prefeito não estava de pires na mão alegando perda de receitas?

Toda essa balbúrdia confirma a falta de planejamento do governo e abre questionamentos sobre a ausência de informações do processo licitatório de quanto esses “reparos” custarão aos cofres públicos.

Incompetente, Américo terminou o ano letivo em novembro para iniciar as ditas reformas e despudoramente determina esses serviços praticamente no meio do mês de fevereiro, ou seja, três meses depois. E como ficará o ano letivo?

Essa é uma outra história…

Sarney transfere título de eleitor para o Maranhão

O ex-presidente José Sarney oficializou na tarde de ontem (19) sua mudança de domicílio eleitoral.

O emedebista esteve na 3ª Zona Eleitoral de São Luís para efetivar a transferência do seu título de eleitor, do Amapá para o Maranhão.

A informação é do blog do Marco D’Eça – e havia sido antecipada pelo blogueiro Robert Lobato.

Com a mudança, Sarney descarta qualquer possibilidade de ser candidato a senador pelo Amapá – mesmo liderando as pesquisas por lá.

Ele também votará pela primeira vez na filha Roseana Sarney (MDB) para o Governo do Estado, e no neto, Adriano (Sarney (PV), para a Assembleia, além de apoiar outro filho, o ministro Sarney Filho (PV) para o Senado.

Do Blog do Gilberto Leda

Sem perseguição, Arquimedes dá mais uma lição de como se faz política…

O prefeito de Afonso Cunha Arquimedes Bacelar (PTB) diferentemente de alguns prefeitos da região que tem feito de tudo para prejudicar seus opositores, deu nesta segunda (19), mais uma amostra de grandeza e espírito republicano com que governa a cidade.

Pessoas ligadas a oposição no município resolveram fazer uma festa de Lava Pratos, aproveitando o ano eleitoral talvez para massificar o nome dos seus pré-candidatos, já que no ano no passado o evento não fora realizado.

Pois bem, sem levar em consideração os motivos e quem estava por trás da realização da festa, o prefeito entregou nas mãos do blogueiro Wando Galvão a licença para a realização da festa de ressaca do carnaval.

Desde que assumiu o mandato, Arquimedes tem evitado na gestão toda e qualquer ação de perseguição política, mesmo sendo vítima delas quando era oposição e hoje no governo, sendo cobrado para fazer em 01 ano o que aqueles que estavam no poder não deram conta de fazer em 08.

Havia uma expectativa por parte dos opositores de que o prefeito dificultaria a liberação do evento para tentar usar o fato politicamente. Não dificultou como ainda fez questão de entregar a licença em mãos.

Arquimedes mostra como se faz política com grandeza.

E deixa mais uma lição a seus adversários…

Perseguição concluída: Governo do Estado transfere Albino de Coelho Neto para Açailândia

 

 

Às 20h:28

O plano de transferir o investigador da Polícia Civil de Coelho Neto, Albino Klauberth desta vez foi concluido com sucesso.

Para não afrontar o movimento popular que havia sido realizado no mês passado por populares que foram as ruas reivindincar que a transferência não fosse efetivada, o Governo do Estado recuou, mas não desisitiu da transferência que foi consumada no último dia 26 de janeiro.

O Diário Oficial do dia 06 de fevereiro de 2018 trás a publicação da transferência de Albino para a cidade de Açailândia, tudo dentro do planejado.

Segundo comentários, a transferência é motivada por perseguição, como iniciativa de gente sem escrúpulos que integra a banda podre da política de Coelho Neto e que aproveitando-se da proximidade com o Governo do estado, exigiu a cabeça do investigador na bandeija.

Mas um duro golpe de perseguição que chega ao seu objetivo. É a lei do chicote e da mordaça voltando para Coelho Neto. O ato é assinado pelo delegado geral da Polícia Civil, Leonardo do Nascimento Diniz.

Click: Parabéns Márcia Bacelar

Quem muda de idade nesta segunda (19), é a ex-prefeita de Coelho Neto, Dra Márcia Bacelar. A aniversariante governou a cidade entre os anos de 1997-2004, num período de grande progresso e consolidada como uma das melhores prefeitas da história do município.

Conhecida pelo slogan “Minha palavra, Sua garantia”, Dra Márcia realizou uma gestão de grandes obras e que mudou sobremaneira o panorama urbanístico do município. No dia do seu aniversário, aproveitamos a oportunidade para felicitá-la desejando votos de muita saúde e muita paz. Parabéns guerreira!

Na mesma data, seu irmão Paulo Buzar que foi um dos melhores secretários de Educação do Município – senão o melhor – também muda de idade a quem estendemos a homenagem e felicitações pela data natalícia.

Coluna do Sarney: O ano vai começar…

O Brasil tem calendários diferentes dos resto do mundo, a começar pelas estações do ano.

Aqui só temos inverno e verão, inverno quando chove, verão, quando as chuvas não aparecem, e se surgem são atribuídas às frutas: do caju, da manga e assim por diante.

Estas são sempre seguidas de muito trovão e raio e passam rápido.

Depois, as nossas divisões do ano são marcadas pelas festas, santas ou pagãs. O Carnaval marca os dois primeiros meses. Depois vem a Quaresma, que dura quarenta dias, até o Domingo de Ramos. A Semana Santa culmina com a celebração da Eucaristia na Quinta-Feira, do Sacrifício na Sexta-Feira, a Aleluia e a Páscoa; a Paixão de Cristo sempre encenada e movimentando a população, como as procissões do Bom Jesus da Cana Verde, do Encontro e, para misturar tudo, a malhação do Judas — um Carnaval fora de época, com os bailes das aleluias, uma “páscoa” regada às toneladas de chocolate, referência especial de Gramado, e que os baianos não deixam passar em branco. Depois vem o São João com as quadrilhas, os forrós e as danças de São Gonçalo das Moças.

Se tem Copa do Mundo aí é que a coisa pega fogo, porque o país para de vez e é Carnaval todo dia, com ruas enfeitadas, bandeirinhas e bandeirolas, cerveja em toda porta de casa com amigos e aderentes, todos na torcida e improvisando botequins nas calçadas e em todos os andares dos edifícios.

Vem o 7 de setembro e o patriotismo por uns dias toma conta, sobretudo da meninada, e vai ao máximo se tem Esquadrilha da Fumaça.

Em anos de eleição este mês é o auge de trabalho de moças e moços, que, de bandeiras nas mãos, espalhados por todos os congestionamentos de trânsito, gritam o nome de candidatos de que nunca ouviram falar, nem sabem de quem se trata, tudo por cinquenta reais por tarde!

Chega outubro com as grandes concentrações religiosas do Círio de Nazaré, de Aparecida, do Juazeiro do Padre Cicero. Quando começa novembro começamos a ouvir longe os primeiros sinais dos sinos do Natal.

Afinal, depois de falarmos do ano inteiro, o essencial é dizer que o ano realmente começa depois do Carnaval. Essa é a festa das festas, aquela de que até hoje se discute quando começou. Os mais fanáticos dizem que vem das famosas bacanais romanas, importadas da Grécia, em que se homenageava o deus Baco, regadas a vinhos e orgias, e que de tal modo se excederam que o Senado Romano as suspendeu no ano 186 antes de Cristo. Outros o ligam às Saturnálias, também livres e pândegas, festas do deus Saturno, que também eram célebres na antiguidade.

Não vamos dizer que o nosso Carnaval seja tanto …assim… como aquelas festas do passado, porque a nossa só faz com que as mulheres de todas as idades mostrem seu corpo e as novas, queimadas de sol, aproveitem para também mostrar os seios, guardando o essencial, tudo para se preparar para as abstinências da Quaresma…

Outros povos comemoram também outros calendários, como o chinês, o judaico, o ortodoxo Juliano e um do meu avô, que dizia que ano novo era o do seu aniversário, nada do começado em janeiro.

É assim que o ano passa, e vai começar agora, neste ano que tem Carnaval, São João, Copa e eleição. Haja paciência para tanta monotonia!

José Sarney

Secretária de Educação de Duque Bacelar recebe homenagem da Câmara

 

 

A secretária de Educação Dra Lucia Oliveira foi uma das homenageadas pela Câmara Municipal em Sessão Solene realizada na última sexta (16), durante reabertura dos trabalhos legislativos.

Lúcia que também é 1ª dama do Município foi condecorada com o Título de Cidadania Bacelarense, fruto de uma proposta da vereadora Concita do Bode. Casada com o atual prefeito Jorge Oliveira – que integra uma das famílias mais tradicionais da cidade – a homenageada naturalmente passou a ter fortes vínculos com o município.

No comando da secretaria de Educação, Dra Lúcia tem procurado fazer um exímio trabalho voltado para a melhoria da qualidade e dos indices educacionais do município.

Dra Lúcia Azevedo agradeceu a homenagem e disse que o título aumenta ainda mais sua responsabilidade e seu trabalho para com os filhos dos bacelarenses. O prefeito Jorge Oliveira (PCdoB) também agradeceu a vereadora Concita do Bode pela indicação e aos demais vereadores pela aprovação da homenagem a sua esposa.

Fotos: João de Deus

Eduardo Braide, o pesadelo de Flávio Dino…

Com forte recall eleitoral em São Luís e bem avaliado em pesquisas qualitativas como opção espontânea da própria população, deputado assombra o comunista, que atua fortemente para tirá-lo da disputa

OPÇÃO POPULAR. Com forte recall eleitoral em São Luís, Eduardo Braide surge espontaneamente entre os eleitores, o que assusta Flávio Dino

Dentre todos os pré-candidatos já postos para a disputa pelo Governo do Estado, um ocupa o sono diário do governador Flávio Dino (PCdoB): o deputado estadual Eduardo Braide (PMN).

Mesmo sem ter-se anunciado candidato, Braide figura sempre na terceira colocação em todas as pesquisas de intenção de votos; mas não é só isso.

Pesquisas qualitativas – as quais o próprio Palácio dos Leões teve acesso – apontam Braide com forte tendência de crescimento e capacidade real de angariar apoios durante a campanha.

Isto porque, de todos os adversários de Dino, o deputado é o único sem vinculação a grupos políticos e como opção que surge diretamente do povo.

Fortíssimo em São Luís, Braide tem receptividade também nas andanças pelo interior, com a vantagem de ainda não ser totalmente conhecido pelo eleitor.

PRESENÇA NO INTERIOR. Mesmo ainda pouco conhecido do eleitor, Braide chama a atenção nas cidades pela opção de terceira via na eleição de governador

Flávio Dino sabe dos riscos que é ter Eduardo Braide na disputa pelo governo e atua fortemente para tentar tirá-lo do páreo.

São muitos os emissários do governador a oferecer possibilidades ao parlamentar em troca de sua desistência.

Eduardo Braide só deve anunciar se será mesmo candidato a governador a partir de abril, após definição dos quadros partidários para a disputa de outubro.

Até lá, povoará o sono do governador comunista.

Como um pesadelo diário a assombrá-lo…

Do Blog do Marco d´Eça

Milagre de Deus! Criança afogada em São Luís é dada como morta, recebe fortes orações e ressuscita

Uma criança de cinco anos, Ruan Ramos, residente no Piauí, veio com a família para um retiro espiritual que se realizou no dia 13 deste numa casa no Araçagy, pertencente a Igreja Redentora Cristã. Por um descuido dos país, o menino passou mais de 20 minutos sozinho boiando na piscina. Foi um desespero quando o menor foi retirado, pois não apresentava nenhum sinal de vida.

Fortes orações comandadas pela bispa Ivonete Sena, líder da igreja, foram feitas ainda na beira da piscina para que o menor retomasse a vida. O clamor a Deus tomou conta do lar. Ruan Ramos estava todo roxo e após as orações foi encaminhado para a UPA do Araçagy.

Lá na UPA, os médicos sentiram que a criança já estava dando sinais de vida, mas o corpo parecia de uma pessoa morta. Horas depois, o menor teve alta e foi recebido com comemoração pelos membros da igreja e familiares Para o irmão dele, Adalberto Ramos, “foi um milagre de Deus”. Veja o momento de felicidade quando ele retornou ao local do retiro:

No vídeo abaixo, feito pelo Natham, membro da igreja, veja os momentos de desespero quando retiraram a criança do fundo da piscina.

Do Blog do Luis Cardoso